Notícias

Acordo garante desenvolvimento da pesca esportiva no Brasil

Anepe_MPA-5

om um número cada vez maior de adeptos, a pesca esportiva se prepara para dar um salto de desenvolvimento com a realização de três grandes eventos na área: o Torneio, o Campeonato Brasileiro e o Mundial de Pesca Esportiva – inédito para o País.

A concretização da parceria entre o Ministério da Pesca e Aquicultura e a Associação Nacional de Ecologia e Pesca Esportiva (ANEPE), garante a realização dos eventos. O ministro Helder Barbalho assinou na tarde desta terça-feira (28), em seu gabinete, o Acordo de Cooperação Técnica para o desenvolvimento da Pesca Esportiva no Brasil. Assinaram também o presidente da ANEPE, Helcio Honda, e o presidente da Fiesp – Federação de Indústrias do Estado de São Paulo, Paulo Skaf.

Entusiasta da pesca Esportiva, Helder Barbalho comemorou a celebração do acordo e destacou que o “convênio representa um passo decisivo nas políticas que darão estímulos à pesca esportiva no País, aproveitando todo o litoral brasileiro e encorajando a prática desse belo esporte’’. Em vídeo, o ministro explicou ainda mais.

Para o presidente da ANEPE, Helcio Honda, a realização dos eventos promoverá a capacitação dos envolvidos pois os eventos serão precedidos por um calendário de atividades ligadas ao esporte/pesca amadora, abrangendo vários estados em todo o Brasil e mobilizando milhares de brasileiros. Ele também falou sobre a expectativa a partir da assinatura do Acordo de Cooperação com o MPA. Veja:

Parceria com o Ministério do Turismo

Uma conquista já garantida para o desenvolvimento da pesca esportiva se deu com a assinatura, pelo ministro Helder Barbalho, do Acordo de Cooperação Técnica entre o Ministério da Pesca e o Ministério do Turismo. O Acordo prevê ações para fortalecer a relação entre o mercado de turismo e as atividades ligadas à Pesca.

O Acordo prevê alguns pontos de destaque, como a estruturação de destinos de turismo de pesca no Brasil; o conhecimento do perfil dos turistas nacionais e internacionais; a participação, divulgação e realização de eventos relacionados ao segmento do turismo de pesca, como os torneios de pesca esportiva e por fim, a qualificação do condutor de turismo de pesca.

Fonte: MPA

Previous post

Abril 2015

Next post

Testes de DNA e a fraude na venda de pescados em Florianópolis

carlos

carlos

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze + doze =